Financiamento imobiliário Caixa – Saiba mais  

Publicidade


Atualmente, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, divulgou uma nova modalidade de financiamento imobiliário. Esse método irá funcionar de acordo com uma correção da poupança. Isso quer dizer que os juros serão mais baixos do que os empréstimos comuns. A ideia de adotar esse método foi devido a adesão de outras instituições financeiras concorrentes a modalidade, ou seja, essa é a maneira da Caixa manter competitividade no setor.  

Conheça esse novo modelo de financiamento imobiliário realizado pela Caixa 

Hoje em dia a taxa Selic está no valor de 2% ao ano, onde possui um rendimento na poupança de 0,11% e 0,12% por mês. Sendo assim a poupança representa 70% da Selic, conseguindo ter um aproveitamento anual de 1,40%. Isso significa que esse modelo pode gerar algum tipo de risco para as pessoas que o adotarem. Isso pode acontecer porque, se por acaso a Selic aumentar no futuro, acontecerá um efeito que irá direto no valor que ainda não foi pago.   

Dessa maneira, como financiamentos imobiliários normalmente têm uma duração mais estendida, o valor atual pode parecer mais econômico no curto prazo, entretanto pode acabar sendo arriscado pensando no longo prazo.   

Publicidade


Qual é a opção de financiamento imobiliário que compensa mais hoje em dia?  

Muitas pessoas fazem essa pergunta todos os dias, mas é difícil saber qual é o melhor financiamento imobiliário atualmente. Entretanto, no caso das linhas de crédito da Caixa, existe uma que está ligada à inflação, tendo um Índice Nacional de Preços ao consumidor amplo. Nessa opção as taxas dos juros são de 2,95% a 4,95% ao ano. Esse é um modelo indicado para aquisição de imóveis novos ou usados, tendo um prazo de até 360 meses para a quitação da dívida.  

Financiamento imobiliário Caixa
Publicidade


A segunda opção é a linha indexada à Taxa Referencial (TR). Neste caso os juros são de 6,50% a 8,50% ao ano. No caso do pagamento, ele pode ser feito em até 420 meses. 

Por fim, existe a linha que trabalha com taxas de juros prefixadas, tendo variação de 8,00% a 9,75% ao ano. Ela também serve para compra de imóveis novos e usados, além disso, o pagamento pode ser em até 360 meses.